Câmara nos bairros

PUBLICIDADE

Ex-Diretor-Geral da PRF é Preso por Interferência nas Eleições de 2022

Ex-Diretor-Geral da PRF

Na manhã desta quarta-feira (9), o ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, foi detido pela Polícia Federal (PF) sob acusações de interferência no segundo turno das eleições de 2022, período em que comandava a corporação.

A prisão ocorreu no âmbito da Operação Constituição Cidadã, uma ação conjunta que envolve a Polícia Federal e a Corregedoria-Geral da PRF. Além da prisão de Vasques, a operação também contempla a oitiva de 47 policiais rodoviários federais, bem como a execução de 10 mandados de busca e apreensão em diversas localidades do Sul do Brasil.

A Operação Constituição Cidadã tem como objetivo esclarecer as supostas interferências nas eleições de 2022 por parte de Vasques e outros envolvidos. Os mandados de busca e apreensão foram autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, indicando a seriedade das acusações e a relevância da investigação.

A detenção de Silvinei Vasques, que desempenhava um papel-chave na PRF durante o período eleitoral, lança luz sobre possíveis irregularidades e práticas ilegais que podem ter afetado o processo democrático. A sociedade aguarda ansiosamente mais informações sobre as investigações em curso e as implicações dessa operação.

Compartilhar essa matéria

Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

PUBLICIDADE

Js Rastreamento
Essence Estética
Js Rastreamento
Bioquality

PUBLICIDADE