Câmara nos bairros

PUBLICIDADE

Acidente de trânsito tira a vida de motociclista no bairro União

Loc Frotas

Joseildo dos Santos, 36 anos de idade, natural de Imperatriz (MA), morreu em um acidente de trânsito quando a moto que pilotava uma Honda POP-100, colidiu com uma caminhonete Nissan/Frontier, conduzida pelo motorista Francisco Wellinton da Silva.

O acidente aconteceu por volta de 00h20 de quarta-feira (13), na Avenida E com rua 16, bairro Maranhão. De acordo com testemunhas, o semáforo estava em pisca alerta e o piloto da moto que trafegava em alta velocidade pela rua 16, avançou a preferência na Av. E batendo na lateral esquerda da caminhonete, indo de encontro com o para-brisa.

Com o impacto da colisão, Joseildo dos Santos e a moto foram arremessados, caindo no meio-fio a cerca de 16 metros da colisão, embora estivesse usando capacete o mesmo morreu instantaneamente no local.

O motorista da caminhonete acionou o SAMU e o DMTT, porém naquele exato momento também passava por ali uma viatura da Polícia Civil, que ao perceber a movimentação se dirigiu ao local, momento em que o motorista Francisco Wellinton da Silva se apresentou espontaneamente aos policiais e em seguida se dirigiu até a 20ª seccional de Polícia, onde foi ouvido em depoimento e liberado.

Em depoimento Francisco Wellinton da Silva disse para a polícia que naquele momento havia acabado de chegar na cidade retornando de um congresso em Brasília (DF), quando foi surpreendido pelo motociclista que vinha na transversal não observando a preferência. Na ocasião tinha como passageiros, sua esposa, mais duas mulheres e outros dois amigos.

Ainda segundo o motorista, na hora da colisão ele conduzia o veículo em uma velocidade média entre 40 e 50 km, e que no cruzamento visualizou que o semáforo estava em pisca alerta, tanto para o sentido em que ele seguia como para a moto que trafegava pela rua 16.

A vítima foi examinada pela equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que constatou o óbito da vítima. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) acompanhado de um perito do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, periciou o local do sinistro e em seguida removeram o corpo para exames de necrópsia. (Neide Folha)

[gutenberg_post_blocks id=”125″]

Compartilhar essa matéria

Facebook
Twitter
WhatsApp

Veja também

PUBLICIDADE

Js Rastreamento
Essence Estética
Js Rastreamento
Bioquality

PUBLICIDADE